segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Novos desafios para a nova Secretária de Cultura e o coordenador do ECOA de Sobral



Sobralense é barrado por funcionários da ECOA em Sobral

O sobralense Narcisio Sousa, metalúrgico e artesão de miniaturas de ferro de pontos turísticos de Sobral, informa que está sendo barrado por funcionários terceirizados da ESCOLA DE CULTURA, COMUNICAÇÃO, OFÍCIOS E ARTES de Sobral (ECOA). Segundo o artesão, ele tentou algumas vezes um espaço na  para expor seu trabalho e lá foi negado por uma pessoa que atende por Telma. Para o metalúrgico Narcisio Sousa que produz peças de metal de Praças Coluna da Hora; Arco do Triunfo; Fazenda Caiçara;  museu do eclipse dentre outros o espaço alguns funcionários estão dificultando o trabalho do artesão. Para o Coordenador da Ecoa Roberto Galvão e para a nova Secretária da Cultura Eliane Maria Leite, um grande desafios se apresenta, renovar as fileiras de colaboradores destas secretarias ou solicitar uma capacitação profissional intrapessoal dos colaboradores. A ECOA é um espaço público e aberto para  todos os artesãos de Sobral e região, a equipe das secretarias devem ter estas profissionais catalogados com o intuito de qualificação profissional  dos mesmos.
Peças produzidas pelo artesão. 

1 comentários:

Anônimo disse...

Eu não concordo com esse artesão em sua crítica `à Telma. Acredito que por motivos de organização, existe uma situação chamada agendamento e tem gente que acha que simplesmente pode transpor isso e quando não consegue, age de forma inadequada, fazendo crítica aos funcionários que em sua maioria das vezes estão seguindo simplesmente o protocolo e sistemática básica.
Rakel Galdino

31 de dezembro de 2012 16:25

Postar um comentário

Prezado Amigo, sua opinião é muito importante para o desenvolvimento deste veículo de informação. Deixe sua sua mensagem e contribua com o nosso trabalho.