quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Anderson Santos inicia uma nova campanha contra o VLT

Anderson Santos inicia uma nova Campanha contra o VLT em Sobral, intitulada Movimento das Redes. O morador que sente-se prejudicado com as obras do Veículo Leve sob Trilhos (VLT) contesta as obras da forma que foram apresentadas. Segundo Anersom não houve nenhuma pesquisa da população sobre a importancia da obra, e esta por sua vez está sendo feita de forma autoritária já que segundo informações do ministério público há pelo menos duas notificações para embargo da obra. A Campanha contra o VLT já está em sua segunda edição, e o morador procura conscientizar a população de forma geral sobre a real importância do trem. Na reivindicação, é cobrado ainda o corte ilegal das árvores e cobra providência da AMMA.
S

2 comentários:

Anônimo disse...

Alguém devia arranjar um emprego pra ele. Garanto que se ele se ocupasse com algo ia passa a se preocupar com o que realmente importa.

26 de fevereiro de 2012 08:29
Anônimo disse...

sou totalmente a favor do metrô! o que acho que deve ser feito é desapropriar as casas que ficam próximas, aliás próximas demais. A cidade tem que crescer, baixaria são esses motoqueiros irresponsáveis que nem carteira de motorista têm, que cruzam os carros na sua frente. Essas bicicletas que n olham e nem respeitam os semáforos. Essa cidade n tem engenharia de trânsito, o sinal da avenida é em 4 tempos, passa apenas 10 segundos aberto, o q é ridículo. Quanto às árvores, estas sim devem ser plantadas e reflorestadas, ou então se fazer outro parque, alguma obra que compense o estrago feito pelas obras do metrô!

26 de fevereiro de 2012 09:25

Postar um comentário

Prezado Amigo, sua opinião é muito importante para o desenvolvimento deste veículo de informação. Deixe sua sua mensagem e contribua com o nosso trabalho.