sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Sobral reduz casos de dengue


A Secretaria de Saúde comemora a redução dos números de casos de dengue em relação aos anos anteriores, atribuindo o fato ao intenso trabalho de fiscalização dos agentes de endemias e à colaboração da população, que tem aderido, principalmente pelo telefone que é gratuito.
De acordo com o Centro de Zoonoses, Sobral está fazendo seis ciclos de visitação às casas. Além das visitas, outras ações estão sendo realizadas. Uma das armas utilizadas pelo município para o combate a dengue é uma armadilha específica para o vetor. No local, o mosquito pode ser atraído pela água e por uma palheta onde ele pode pôr os ovos. Semanalmente, os agentes visitam as casas onde tem as armadilhas para saber se há mosquito na região.
O equipamento está instalado em mais de 300 residências de Sobral. Uma vez por semana é feita a visita do agente, quando é trocada a palheta e levada ao laboratório para ser examinada. Desde o último período de chuvas, o secretário da Saúde e Ação Social, Carlos Hilton Soares, vem impulsionando as ações de prevenção, alertando aos moradores quanto à necessidade de estarem atentos aos cuidados de prevenção da infestação do mosquito nas residências, casas de comércio e outros locais.
Fonte: Assessoria de Comunicação e Marketing da Prefeitura Municipal de Sobral

1 comentários:

Anônimo disse...

Só queria que os agentes de endemias fossem mais valorizados, pois fazem um ótimo trabalho contra a Dengue junto a população. E mesmo assim ainda existem quarenta agentes de endemias que a Prefeitura de Sobral não efetivou, só assinou as carteiras deles com a desculpa de dizer que não podia efetivar por motivos de Lei. Se o trabalho esta sendo tão bom e tão importante, porque não legaliza os quarenta colocando-os no quadro da Prefeitura de Sobral? E porque não lhes dão salários dignos de acordo com o que o Governo Federal e a União manda????

porque respondam-me????

19 de outubro de 2011 19:29

Postar um comentário

Prezado Amigo, sua opinião é muito importante para o desenvolvimento deste veículo de informação. Deixe sua sua mensagem e contribua com o nosso trabalho.