quarta-feira, 19 de outubro de 2011

DEP. JOSÉ LINHARES FAZ PRONUNCIAMENTO E CONTA A REAL SITUAÇÃO DA BR-222. NADA FOI FEITO AINDA...


Pronunciamento do Padre Zé proferido no dia de hoje, 18/10, na tribuna da Câmara dos Deputados, sobre a situação precária da BR 222.
Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados,
Volto pela oitava vez a esta tribuna para apelar, implorar, denunciar ao Ministério dos Transportes, ao DNIT, à Presidente da República, a irresponsabilidade com que tratam a BR 222, mais precisamente o trecho Fortaleza - Sobral.
É incrível a saga que vos passo a contar. Quando digo saga, quero enfatizar a maracutaia, a trambicagem, as promessas vãs, os compromissos assumidos e não cumpridos, uma odisséia que se arrasta há quase 20 anos.
Salientar a importância desta rodovia para os Estados do Ceará, Piauí, Maranhão e Pará, é evidenciar a pouca estima, o pouco apreço, a ignorância que os setores do Ministério dos Transportes tem para com a indústria, o comércio, os serviços, a economia de toda esta vasta região.
Mas, além, muito além, de não perceberem o acinte com que tratam estes segmentos vitais para o desenvolvimento destas regiões, há o desprezo, a vilania com que tratam o cidadão transeunte desta vital artéria.
Mas vamos aos fatos, sobretudo aos mais recentes. Há pouco mais de seis meses, a bancada de Deputados do Ceará e nós, mais especificamente, desta tribuna, reclamamos do Ministro de então, a calamitosa situação desta Rodovia Federal. O governador, já saturado por tantas reclamações, promoveu com toda a comunidade a montante e a jusante o célebre "Rally" da BR 222. Foi um clamor apoteótico. A população, a imprensa, os mais variados meios de comunicação fizeram ecoar o grito revoltado deste grande contingente de cidadãos.
O Ministro Alfredo Nascimento, acompanhado por uma caravana de Deputados e técnicos, foi ao Ceará. Sentiu de perto a calamidade, transitou um bom trecho da rodovia e concluiu que, de fato, a via federal não era só uma calamidade, era uma tragédia.
Foram assinados os contratos, as licitações, as empresas construtoras se fizeram presentes e dizíamos, nós os crédulos: desta vez vai! Que ledo engano nos esperava.
Até hoje, excetuando-se um pequeno trecho que vai de Umirim a Croatá, atualmente em obras, o restante é uma buraqueira de mão única. Só sobraram as esperanças, esvaíram-se as ilusões, restou tão somente a inerte, inútil, perigosa Rodovia 222. A Presidente da República quando de sua visita ao Ceará, aludiu ao compromisso de restaurar a Rodovia.
Senhora Presidente, Senhor Ministro, os cidadãos ansiosos, já esgotados, clamam: Restaurem a BR 222! O inverno se aproxima, o ano está terminando, será que novas promessas vão tentar nos iludir? Aqui deixo um Requerimento de Informação ao Ministro dos Transportes.
Diga-nos: O DNIT vai extinguir a BR ou que alternativas vão surgir?
Fonte: Bené Fernandes

0 comentários:

Postar um comentário

Prezado Amigo, sua opinião é muito importante para o desenvolvimento deste veículo de informação. Deixe sua sua mensagem e contribua com o nosso trabalho.